Com a reforma, o Distrito Anhembi agora tem mais pavilhões e pode receber até dez eventos ao mesmo tempo. A capacidade total é de 40 mil pessoas.

O Distrito Anhembi, na Zona Norte de São Paulo, foi reinaugurado nesta quarta-feira (26) depois de 15 meses de obras. O prefeito Ricardo Nunes (MDB) foi ao evento acompanhado do presidente da SPTuris, Gustavo Pires.

A área foi concedida à iniciativa privada em 2021 e sedia grandes eventos, como a Bienal do Livro. A GL Events administra o local.

Com a reforma, o Distrito Anhembi agora tem mais pavilhões e pode receber até dez eventos ao mesmo tempo. A capacidade total é de 40 mil pessoas.

O local vai poder receber cerca de 20 mil pessoas somente no Centro de Convenções, sem contar com outras áreas. Antes a capacidade era de 5 mil pessoas neste local.

Segundo um estudo encomendado pela GL Events, as mudanças no Distrito Anhembi o tornam apto para receber congressos mundiais, por causa do Centro de Convenções que ampliou de quatro para 24 salas.

A estrutura completa contém auditórios, área de convivência, arena multiuso, passarela cultural, pavilhões de exposições com divisórias acústicas, salas modulares e halls.

Nos próximos seis meses, o local deve receber 60 eventos, entre eles a Bienal do Livro de São Paulo.

A expectativa, segundo a empresa administradora, é que cerca de R$ 5 bilhões sejam movimentados na economia de São Paulo.

 

Por G1 – São Paulo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Fale Conosco!